Edição do MP no Rádio trata da atuação da Promotoria de Direitos Humanos

Edição do MP no Rádio trata da atuação da Promotoria de Direitos Humanos

O MP no Rádio destaca nesta semana uma unidade do Ministério Público especializada em questões como racismo, xenofobia, preconceito religioso e violências contra o público LGBTI+, entre outros temas: a Promotoria de Justiça de Direitos Humanos. Instalada em Curitiba no início deste ano, a Promotoria já soma quase 50 denúncias criminais ajuizadas, além de perto de 30 atendimentos à população em que houve a tomada de providências na área criminal. A entrevistada é a promotora de Justiça Ana Vanessa Fernandes Bezerra, do Ministério Público do Paraná, que atua nessa unidade. Ela fala dos principais serviços prestados pelo Ministério Público na área de Direitos Humanos, explica como buscar atendimento para demandas desse tipo e aponta quais as violações mais comuns que são alvo de ações na Promotoria.

Entrevista em bloco único

Entrevista em partes: bloco um

Entrevista em partes: bloco dois

Corrupção – Na semana passada o MP no Rádio apresentou o e-Prevenção, projeto dirigido a gestores de órgãos públicos para promover ações de prevenção à corrupção na administração pública. O entrevistado foi o procurador de Justiça Maurício Kalache, que é coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção ao Patrimônio Público, unidade do MPPR que coordena o e-Prevenção. Acesse aqui a conversa.

Podcasts – Os programas de rádio também são disponibilizados nas plataformas Spotify, Apple e Google Podcasts. Ouça aqui.

Gratuito – O MP no Rádio é uma produção do Ministério Público do Paraná, realizado pela Assessoria de Comunicação do MPPR. As entrevistas podem ser baixadas gratuitamente, por qualquer rádio interessada. O programa também pode ser editado, desde que mantido no contexto e devidamente creditado.

Contato – Para envio de sugestões (inclusive de temas de pauta), críticas e comentários sobre os programas, os contatos são o e-mail mpnoradio@mppr.mp.br e os telefones (41) 3250-4469 e (41) 3250-4249.

Fonte: MPPR

Compartilhe nas Redes Sociais...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
× Como posso te ajudar?