Videoconferência discutiu as principais alterações introduzidas pelo novo CPC

Videoconferência discutiu as principais alterações introduzidas pelo novo CPC

A Escola Superior do Ministério Público do Paraná realizou no dia 16 de junho a videoconferência “Prática processual: recursos cíveis com ênfase no agravo de instrumento, apelação e embargos de declaração”. O evento teve como objetivo discutir as principais alterações introduzidas pelo novo Código de Processo Civil, aprimorar o assessoramento no manuseio do instrumental técnico-processual, e oportunizar a otimização do tempo de tramitação de processos judiciais, em que o Ministério Público atua como parte ou fiscal da ordem jurídica.

A palestra também proporcionou a atualização legislativa e a consequente qualificação dos assessores jurídicos do MPPR sobre o fluxo de tramitação de processos judiciais em que o MP atue, de modo a facilitar o atendimento às demandas relacionadas ao processo civil, com ênfase no agravo de instrumento, apelação e embargos de declaração.

Os palestrantes convidados foram: Guilherme Freire de Barros Teixeira (desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, Doutor em Direito Processual pela USP); Mauro Sérgio Rocha (procurador de Justiça – Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Jurídicos, Doutor em Direito pela Universidade Federal do Paraná, Pós-doutor pela Università Degli Studi di Firenze e  Professor de Direito Processual da Fundação Escola do Ministério Público-FEMPAR); Terezinha de Jesus de Souza Signorini (procuradora de Justiça do MPPR, Coordenadora do Caop Cíveis, Falimentares, de Liquidações Extrajudiciais, das Fundações e do Terceiro Setor).

 

Compartilhe nas Redes Sociais...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn