Coronavírus: medidas para conter a pandemia

Coronavírus: medidas para conter a pandemia


Medidas adotadas pelo Governo do Paraná e Prefeitura de Curitiba para conter o Coronavírus:

Educação

O governo estadual determinou a suspensão das aulas nas escolas e universidades estaduais a partir de sexta-feira (20). A Universidade Federal do Paraná (UFPR) e a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) suspenderam as aulas por duas semanas. Em Curitiba, a prefeitura informou que as aulas ficam suspensas de 23 de março a 12 de abril. Os estudantes que faltaram até o dia 20 de março terão as faltas abonadas. A Universidade Estadual de Londrina (UEL) suspendeu todos os eventos com aglomerações de pessoas. Em Foz do Iguaçu, no oeste do estado, as aulas da rede municipal de ensino foram suspensas por 15 dias.

Eventos

Decreto estadual determinou a suspensão de visitas a teatros, cinemas, bibliotecas, museus e outros eventos artísticos por tempo indeterminado. O Festival de Curitiba, que seria realizado no fim de março, foi adiado para setembro. As apresentações do Teatro Guaíra também foram suspensas.

Cataratas do Iguaçu

O Parque Nacional do Iguaçu suspendeu a visitação do público a partir do dia 18 de março, segundo a concessionária que administra a bilheteria do local. A medida é válida por uma semana.

Saúde

O Hospital Evangélico de Londrina, no norte do Paraná, suspendeu visitas aos pacientes. A Santa Casa de Cambé, também no norte do estado, suspendeu as visitas e tem avaliado cada caso para a liberação de acompanhantes. O secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto, afirmou que até 300 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) devem ser contratados emergencialmente pelo estado.

Legislativo

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) restringiu o acesso da população ao prédio e suspendeu eventos que não estejam diretamente ligados à atividade parlamentar.

Judiciário

O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) suspendeu por 60 dias concursos e procedimentos seletivos que exijam provas presenciais ou entrevistas coletivas. Além disso, o casamento coletivo que seria realizado no dia 28 de março na Arena da Baixada, em Curitiba, foi adiado para julho.

Segurança

A Polícia Civil orientou as pessoas a fazer Boletim de Ocorrência (BO) eletrônico.

Presídios

Visitas foram suspensas por tempo indeterminado por um decreto do governo do estado.

Igreja Católica

As arquidioceses de Curitiba e Londrina limitaram a 50 o número de pessoas nas missas.

Atendimento por telefone e site da campanha

Compartilhe nas Redes Sociais...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn