Veja quais são as 14 principais áreas de direito para atuar no setor privado

Veja quais são as 14 principais áreas de direito para atuar no setor privado

O Setor Privado (ou iniciativa privada) é composto por empresas e organizações que não são controladas pelo Estado. Este é um setor que oferece diversas possibilidades de atuação do advogado. Conheça as principais delas:

  1. Direito Civil
     
    É considerada a maior área do Direito brasileiro. Justamente por isso, envolve diferentes especializações. Ao escolher o Direito Civil e o Direito Processual Civil o profissional deverá lidar com a representação de interesses individuais e particulares relacionados a bens, propriedades e questões familiares.
  2.  

  3. Direito Ambiental
     
    Nesta área, o profissional poderá atuar em ONGs e empresas privadas em questões referentes à responsabilidade com o meio ambiente. Portanto, licenciamento ambiental, infrações e outros aspectos da legislação ambiental farão parte de seu dia a dia.
  4.  

  5. Direito Comercial
     
    É a área do Direito relacionada aos aspectos jurídicos do comércio. Ou seja: o profissional vai defender os interesses de empresários e seus negócios.
     
    Desse modo, entram na área abertura e fechamento de empresas, questões envolvendo marcas e patentes, processos de falência e recuperação judicial etc. Além disso, elaboração de contratos e estatutos também entram nesta área.
  6.  

  7. Direito Digital
     
    O Direito Digital é um dos novos ramos do Direito. E após o Marco Civil da Internet, essa área se tornou um mercado crescente. Por isso, o advogado especialista em Direito Digital é um profissional bastante valorizado. Neste ramo de atuação, ele será responsável por questões jurídicas relacionadas à internet e à informática. Prepare-se para lidar com relações entre usuários e seus provedores, além de todo tipo de e-commerce e bancos.
  8.  

  9. Direito do Consumidor
     
    Nesta área o advogado vai defender os interesses dos consumidores em relação a fornecedores de bens e prestadores de serviços. Para isso, deve conhecer à risca o Código de Defesa do Consumidor.
  10.  

  11. Direito Contratual
     
    Trata-se de uma especialização do Direito Civil. Nesta área do Direito, o profissional vai atuar na representação e no auxílio de pessoas físicas e jurídicas na elaboração e assinatura de contratos.
  12.  

  13. Direito Penal
     
    O advogado criminalista, profissional do Direito Penal atuará na preparação de acusação e defesa em ações relativas a crimes e contravenções, tanto de pessoas físicas quanto jurídicas. Muito se modificou no Direito Penal ao longo da História do Direito. E um projeto de Novo Código Penal está em andamento.
  14.  

  15. Direito Trabalhista
     
    Nesta área o advogado representará pessoas ou empresas em ações e disputas que envolvam empregado e empregador, além de questões sindicais e relacionadas à Previdência Social.
  16.  

  17. Direito Tributário
     
    O profissional tributarista ficará responsável pelos princípios e normas referentes à arrecadação, às obrigações tributárias e às atribuições de órgãos fiscalizadores, bem como realizar a defesa do contribuinte no recolhimento de impostos.
     
    Para aqueles que optam pela carreira no setor privado, é importante estar atualizado de acordo com o mercado de trabalho. Atualmente, cada vez mais profissionais buscam especializações para conseguir se destacar nesse setor tão concorrido.
  18.  

  19. Direito Imobiliário
     
    O Direito Imobiliário abrange os mais diversos tipos de operações. E, inclusive, faz intercâmbio com outras áreas do Direito, como por exemplo o Direito de Família e Tributário. É, portanto, um ramo do direito privado responsável por regular as relações jurídicas decorrentes da propriedade de bens imóveis.
  20.  

  21. Direito Eleitoral
     
    O Direito Eleitoral é, como o próprio nome revela, a área do Direito que regula as relações jurídicas decorrentes dos processos eleitorais. E se baseia, então, sobremaneira, nas normas constitucionais sobre as competências e funções de cada ente federativo, além de outras normas reguladoras dos processos eleitorais. Embora fique em maior destaque nos anos eleitorais, é uma importante área de atuação na advocacia.
  22.  

  23. Direito Administrativo
     
    O Direito Administrativo é um ramo do Direito Público bastante clássico. Portanto, não é estranho ver profissionais atuantes nessa área do Direito. É, assim, o nicho de atuação da advocacia que trabalha com a regulamentação e as relações jurídicas decorrentes do exercício da Administração Pública. E possui, dessa forma, conexão com o Direito Constitucional. Dentro desta área, um dos temas que ganham destaque é o Compliance.
  24.  

  25. Direito Médico
     
    Direito médico é a área do Direito que regula juridicamente os direitos e deveres decorrentes da relação entre médicos e pacientes, como as indicações de atuação em procedimentos de emergência e urgência, com destaque para as resoluções do Conselho Federal de Medicina. E tem, assim, ganhado destaque entre as áreas do Direito, sobretudo quando se trata de danos morais ou de falhas em atendimento que geram consequências graves.
  26.  

  27. Direito Previdenciário
     
    O Direito Previdenciário é uma das áreas do Direito em ascensão e que pode crescer ainda mais nos próximos meses. Afinal, a Reforma da Previdência, está em votação e deve ser colocada em prática em breve. Isto deve gerar, então, diversas modificações no acesso aos benefícios previdenciários, motivo pelo qual os advogados previdenciários devem ser demandados.
     
    Além disso, uma tendência entre as áreas do Direito vem sendo o aumento do interesse pelo empreendedorismo. A visão de que o escritório é sim uma empresa e que, por isso, precisa receber atenção não somente na parte jurídica, mas em assuntos como marketing, vendas, recursos humanos, gestão de caixa etc. é cada vez maior.

 
E você, almeja seguir carreira jurídica no setor público ou privado?

 

Fonte: SAJ Adv

Compartilhe nas Redes Sociais...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn